9 de Abril de 2020 |
Última atualização :
Comentamos
Ativista negra se declara inocente e acusa justiça seletiva
03/05/2015
Luto: morre Antonio Lúcio, decano dos jornalistas negros do Brasil
Da Redação

S. Paulo – Faleceu na manhã deste domingo (03/05), às 7h, no Instituto do Câncer em S. Paulo, o jornalista Antonio Lúcio, 71 anos,  um dos mais importantes comunicadores negros, considerado o decano dos jornalistas negros do Brasil.

Lúcio foi diagnosticado há cerca de sete meses com câncer na próstata que acabou se irradiando para o instestino. Há uma semana foi internado em virtude de complicações da doença. O corpo do jornalista está sendo velado no Cemitério de Vila Alpina, onde será cremado nesta segunda-feira (04/05) às 10h.

Nascido em Marília, S. Paulo, Antonio Lúcio era jornalista com larga experiência e foi um dos mais importantes divulgadores dos assuntos africanos no Brasil. Por muito tempo manteve Bureau PolComune – Política da Comunidade Negra – que distribuía voluntariamente a toda sua rede de amigos e ativistas.

Deixa cinco filhas – Alessandra, Camila, Danyelle, Priscila e Cláudia – e três netos – Beatriz, Geovana e Pedro – nascido há um mês.

Veja entrevista feita pelo jornalista Celso Salles com Antonio Lúcio, durante visita ao Zimbabwe.

https://youtu.be/wYGPM7ijDcY

 


Artigos Relacionados
Justiça condena dois homens por racismo contra Maju Coutinho
Bolsonaro nomeia capitão do mato para Fundação Palmares
Violência e truculência fascista marcam o Dia da Consciência Negra
MP denuncia Carla Campos, de S. Carlos, por injúria racial
Twitter
Facebook
Todos os Direitos Reservados