8 de Agosto de 2020 |
Última atualização :
Comentamos
Ativista negra se declara inocente e acusa justiça seletiva
30/09/2015
Sesc Interlagos, em SP, promove Encontro de Capoeira com grandes mestres
Da Redação, com informações de Caroline Arnold, da Baobá Comunicação

S. Paulo - O Sesc Interlagos receberá nos dias 03 e 04 de outubro os mestres Djamir Pinatti e Gladson e os contramestres Vinicius Heine e Alexandre Padinha como convidados do Encontro Sesc de Capoeira, que pretende propor uma vivência da capoeira de forma prática e teórica, além de discutir o processo de inclusão de via dupla – seja ela por parte do estrangeiro ou pelo brasileiro que leva para outros países esta atividade característica da cultura brasileira.

No primeiro dia, 03/10, as temáticas a serem abordadas envolvem o bate-papo “Papoeira: Eu também posso jogar”, às 10h, e que contará com as presenças dos grãos-mestres Pinatti e Ednaldo Ardelino e do mestre Gladson para conversar sobre a importância da capoeira como instrumento de inclusão social.

Às 13h, em “Cortejo Ginga Sesc”, apresentações interativas com o público, sob o comando do contramestre Vinicius Heine. Finalizando as atividades do dia, às 14h, terá uma conversa sobre o “A capoeira inclusiva pelo mundo”, com o contramestre Alexandre Padinha, do Grupo Senzala, que em parceria com o mestre Cacá da Escola Zungu de Capoeira desenvolveu todo este conteúdo a ser apresentado, a respeito da capoeira inclusiva ao redor do mundo. Nessa vivência serão compartilhados relatos de suas experiências internacionais, além de debater a maneira como a capoeira é utilizada como ferramenta de inclusão pelo mundo.

Domingo, dia 04/10, o encontro começa às 10h, com a apresentação “Coisa de angoleiro”, possibilitando ao público um contato com os movimentos mais tradicionais da capoeira de Angola. Na vivência “O som da capoeira”, às 13h, o atabaque, o pandeiro e o berimbau, instrumentos tradicionais da capoeira, serão apresentados mostrando desde os procedimentos de fabricação, origem e bases para a sua execução.

Encerrando as atividades, às 15h30, na “Roda de capoeira – Ginga Sesc”, os participantes se dirigem ao centro para executarem os movimentos, simulando uma luta. Dessa forma, a última atividade do Encontro Sesc de Capoeira é uma celebração à modalidade com uma grande roda, em que todos os interessados poderão participar.

Sobre a Capoeira

Manifestação cultural brasileira, a capoeira tem seu reconhecimento pelo mundo todo. Em 2014, foi certificada pela UNESCO - Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura - como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade. Estima-se que, atualmente, seja praticada em mais de 150 países e que muitos grupos utilizam em diferentes frentes de trabalho, como academias, espaços culturais, centros acadêmicos e esportivos e escolas, tornando-a uma importante ferramenta de inclusão.

Programação:

ENCONTRO SESC DE CAPOEIRA

3/10 (sábado)

10h – Papoeira: Eu também posso jogar

13h – Cortejo - Ginga Sesc

14h – A capoeira inclusiva pelo mundo

4/10 (domingo)

10h – Coisa de angoleiro

13h – O som da capoeira

15h30 – Roda de capoeira – Ginga Sesc

SERVIÇO

Encontro Sesc de Capoeira

Quando: dias 03 e 04 de outubro de 2015

Horário: das 10h às 15h30.

Entrada gratuita para todos os públicos.

Sesc Interlagos

Horário da Unidade: Quarta a domingo e feriados, das 9h às 17h.
Endereço: Avenida Manuel Alves Soares, 1100.
Parque Colonial – São Paulo/SP 
Tel.: (11) 5662-9500
sescsp.org.br/interlagos
facebook.com/sescinterlagos | twitter.com/sescinterlagos


Artigos Relacionados
"Correndo Atrás", de Jefferson De, é sucesso no Festival de Cinema do Rio
Mantiqueira discute literatura e racismo neste final de semana na FLIMA 2018
Fotógrafo Luiz Moreira faz sua primeira individual em São Paulo
Tia Má solta a língua em show em S. Paulo
Twitter
Facebook
Todos os Direitos Reservados