21 de Agosto de 2017 |
Última atualização :
Comentamos
Flip: professora negra emociona Lázaro Ramos em debate sobre racismo
19/03/2017
Mato Grosso do Sul terá primeira Delegacia para punir racismo
Da Redação, com informações da Sepir/MJ

Campo Grande/MS - Mato Grosso do Sul terá a primeira Delegacia Especializada em Crimes de Racismo, Discriminação Racial e Intolerância Religiosa. A criação da Delegacia foi objeto da assinatura de protocolo de intenções pela vice-governadora Rose Modesto, o Delegado Geral da Polícia Civil do Estado, Marcelo Várias Lopes e o Secretário Especial de Políticas da Igualdade Racial, do Ministério da Justiça, Juvenal Araújo (foto), na última terça-feira (14/03).

O protocolo assinado prevê a criação de uma unidade especializada que oferecerá à população sul-matogrossense serviços referentes ao registro, investigação, abertura de inquéritos e encaminhamento de procedimentos policiais ligados a casos de intolerância e discriminação.

O secretário Juvenal Araújo ressaltou que “a SEPPIR, em seu processo de reafirmar as políticas de igualdade, vem trabalhando em conjunto com os governos estaduais para a criação das delegacias, oferecendo insumos e treinamentos aos policiais, além de intermediar o registro de ocorrências realizadas através do Disque 100”.

Cartilha

A Secretaria também lançou no ano passado a cartilha “Racismo é crime. Denuncie!” A cartilha explica a diferença entre as práticas dos crimes de racismo e injúria racial, e orienta sobre as providências que as vítimas desses crimes devem adotar.


Artigos Relacionados
Presença negra na Conferência Mundial de Humanidades na Bélgica
Alckmin enviará a AL projeto criando Fundo de Direitos Humanos
Advogado negro é barrado em casa noturna de Curitiba
Unesco declara Cais do Valongo patrimônio da humanidade
Twitter
Facebook
Todos os Direitos Reservados