28 de Outubro de 2020 |
Última atualização :
Comentamos
Ativista negra se declara inocente e acusa justiça seletiva
Mais vistos
11/04/2017
Justiça julgará Lei de Cotia que proíbe abate religioso de animais
Da Redação

S. Paulo – O Tribunal de Justiça de S. Paulo julgará ainda neste mês de abril, a Lei sancionada em Cotia – município da região metropolitana de S. Paulo – que proíbe abate religioso de animais. O julgamento deverá acontecer no próximo dia 26/04, às 13h30 no Palácio da Justiça.

O relator da ação, desembargador Salles Rossi, deferiu em novembro do ano passado medida liminar suspendendo a aplicação da lei.

No julgamento marcado para o dia 26, os 25 desembargadores que compõem o órgão especial da Corte examinarão o mérito da ação, proposta em nome do Psol.

As religiões de matriz africana são representadas na ação pelos advogados, Hédio Silva Júnior (foto), ex-secretário de Justiça de S. Paulo, Antonio Basílio Filho e Jader Freire de Macedo Júnior.


Artigos Relacionados
Homicídios de pessoas negras cresceu 11,5% em 10 anos
Matulas da Nêga: comida com consciência na pandemia
UniSantos poderá expulsar aluno acusado de racista
América em chamas
Twitter
Facebook
Todos os Direitos Reservados