21 de Agosto de 2018 |
Última atualização :
Comentamos
William Waack em entrevista a Revista Raça
Mais vistos
30/07/2017
Alckmin enviará a AL projeto criando Fundo de Direitos Humanos
Da Redação

S. Paulo – O governador Geraldo Alckmin (PSDB) deve encaminhar esta semana a Assembléia Legislativa do Estado, o projeto criando o Fundo Estadual de Direitos Humanos e Cidadania, vinculado à Secretaria da Justiça e Defesa da Cidadania.

A criação do Fundo corrige uma distorção atualmente  existente: hoje as multas aplicadas a quem pratica discriminação na esfera administrativa prevista na Lei 14.187/2010, são destinadas ao Tesouro do Estado, ou seja, não trazem qualquer benefício - nem direto, nem indireto - às próprias vítimas.

Com o Fundo, os recursos deverão ser destinados a execução de projetos, ações e prestação de apoio às políticas públicas relacionadas à promoção da cidadania, aos direitos humanos, ao enfrentamento a qualquer forma de discriminação. O projeto do governador relaciona entre os segmentos beneficiários dos recursos do Fundo, além da população negra e indígena, mulheres, ciganos, quilombolas, povos latino-americanos, LGBT e pessoas vivendo e convivendo com o vírus HIV/AIDS em situação de vulnerabilidade.

A Afropress apurou que, desde que começou a ser aplicada a Lei, as multas com base na Lei 14.187, chegam a R$ 1 milhão de reais.

O Fundo será gerido pela Secretaria da Justiça e fiscalizado por um Conselho Fiscal, que terá, entre outros membros, a Coordenadora de Políticas para as Populações Negra e Indígena, professora Elisa Lucas Rodrigues. Também farão parte do Conselho Fiscal, a Coordenação da Diversidade Sexual, a Coordenação da Mulher, a Coordenação Geral em apoio aos Programas de Defesa da Cidadania.

Segundo Elisa, a proposta de criação do Fundo de Direitos Humanos não enfrentará dificuldades para ser aprovada porque o governador tem ampla maioria na Assembléia Legislativa e a maioria dos deputados já manifestaram posição favorável.

 

 

 

 

 

 


Artigos Relacionados
Tribunal de Justiça de SP absolve acusados no caso Januário
Fernandinho vira alvo de racistas pela derrota para Bélgica
Presidente da UGT abre Oficina de Formação com perspectiva de gênero e raça
Novo governador de SP cancela campanha contra o racismo
Twitter
Facebook
Todos os Direitos Reservados