24 de Junho de 2018 |
Última atualização :
Comentamos
William Waack em entrevista a Revista Raça
09/06/2018
França exonera chefe da coordenação negra, aliada de Alckmin
Da Redação

S. Paulo - A professora Elisa Lucas Rodrigues não comanda mais a Coordenação de Políticas para as Populações Negra e Indígena do Governo de S. Paulo. Ela foi exonerada esta semana do cargo pelo novo governador Márcio França, do PSB. A Coordenação está vinculada a Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania.

Elisa, que é da executiva estadual do PSDB e muito próxima ao ex-governador Geraldo Alckmin, soube da exoneração pelo Diário Oficial do Estado, três dias após entrar de férias, na última quarta-feira (06-06).

A nova chefe da Coordenação, nomeada por França no mesmo decreto que exonerou a ex-titular, é Vânia Maria da Silva Soares, ligada ao deputado Campos Machado e a bancada do PTB.

Elisa, que já foi presidente do Conselho Estadual da Comunidade Negra de São Paulo e tem um trabalho reconhecido de interlocução com lideranças negras do interior, não quis se manifestar a respeito da exoneração do cargo que ocupava desde o início do governo Alckmin.

Segundo Afropress apurou ela deve assumir um cargo ainda não definido na Assembléia Legislativa de S. Paulo, nomeada pela bancada do PSDB.

A nova chefe

Vânia Soares, a nova chefe da Coordenação, é oficial de Justiça aposentada e preside o Conselho da Comunidade Negra de Jaú, que está desativado desde 2.015.

Ao exonerar Elisa, o novo governador Márcio França, que era vice do tucano Geraldo Alckmin – o candidato a presidente pelo PSDB – privilegiou acordos com a bancada do PTB, de quem terá apoio na campanha para continuar no Palácio dos Bandeirantes.

Ele trava uma disputa acirrada com o ex-prefeito de S. Paulo, João Dória, candidato tucano ao governo do Estado. 

 


Artigos Relacionados
Carrefour responderá, de novo, por racismo de segurança em loja
Barbosa se filiará ao PSB e será candidato a Presidência este ano
Vereadora negra do Psol é morta a tiros no centro do Rio
Campos do Jordão discute “privilégio branco” em "Diálogos"
Twitter
Facebook
Todos os Direitos Reservados