15 de Novembro de 2018 |
Última atualização :
Comentamos
Conceição Vercesi, de Botucatu, fala sobre Diversidade
05/09/2018
Vá em paz, meu amigo Romão!
Marcio Alexandre Martins Gualberto

É jornalista e militante do movimento negro e contra a intolerância religiosa

Quem faz parte do meu convívio sabe que raramente saio de minha casa. Primeiro pela dificuldade de mobilidade, segundo porque odeio trânsito tanto quanto temo a violência, terceiro, porque nada é perto nessa cidade.

Cerca de dois meses atrás saí de Guaratiba, cruzei toda a extensão dessa decadente cidade, cruzei as barcas e passei uma excelente tarde com Romão basicamente tratando da migração de toda a base de dados do Mamaterra para um servidor alemão e a confecção de um site novo. Conversamos sobre a arquitetura da informação e do que poderia ser o novo portal já que antemão acordamos que o Mamaterra tinha potencial, sim, para ser um portal.

Romão aproveitou para me apresentar um jovem que seria a parte operacional à frente de minhas orientações visto que minhas dificuldades motoras ainda me limitam bastante a execução de algumas tarefas.

Evitamos falar fe nossas agruras e falamos bastante de vida, de sonhos e de projetos.

Saio de Niterói e dias depois sei de Romão internado novamente. Ele me manda mensagem pelo WhatsApp dizendo que quando saísse nós continuariamos o trabalho e, como sou homem da disciplina, fiquei aguardando até receber a notícia de sua morte.

Agora só me resta buscar com Othrum uma forma de terminar o que me comprometi com meu amigo fazer. Creio que preservar o legado do Mamaterra é o melhor que posso fazer por esse amigo, ativista, cérebro brilhante, que muito me ensinou nesses quase 30 anos de amizade e convivência.

Vá em paz meu amigo, luz em seus caminhos. Silêncio!


"Este artigo reflete as opiniões do autor e não do veículo. A Afropress não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizada pelas informações, conceitos ou opiniões do (a) autor (a) ou por eventuais prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso da informações contidas no artigo."
Artigos Relacionados
A colagem de Arya Haliba
O empreendedor Barão de Mauá (1.813-1889)
A generalização como recurso de linguagem e porta para a injustiça
"A Democracia está em risco, acordem!"
Twitter
Facebook
Todos os Direitos Reservados