19 de Setembro de 2019 |
Última atualização :
Comentamos
Ativista negra se declara inocente e acusa justiça seletiva
Mais vistos
24/01/2019
Elisa Lucas é homenageada como personalidade negra em Natal
Da Redação

Natal/RN - A professora Elisa Lucas Rodrigues, secretária adjunta da Secretaria de Direitos Humanos da Prefeitura de S. Paulo, recebeu há pouco no auditório do CTGAS, na capital potiguar, o Prêmio Elas por Ela 2018 - Mulheres que Fazem História".

O Prêmio celebra o protagonismo feminino em todo o país e consagra personalidades que transformaram suas vidas e seus mundos com garra e espírito de superação. aquelas que estão resistindo e superando retrocessos em diversos setores da sociedade. Se destina a mulheres que se destacaram no ano de 2018 em vários segmentos. 

Segundo a fotógrafa Kalina Veloso, idealizadora da Revista Elas por Ela, e empreendedora social, a proposta do Prêmio é "apresentar persondalidades que são inspiradoras para a sociedade". "O Rio Grande do Norte é o berço da história do protagonismo feminino e decidimos dar relevância e continuidade a isto", acrescenta Veloso.

Elisa Lucas Rodrigues há anos se dedica à causa do combate ao racismo e a defesa dos direitos civis e políticos da população negra paulista e brasileira. Ela já presidiu o Conselho de Participação e Parceria da Comunidade Negra do Estado de S. Paulo e foi coordenadora da Coordenação de Políticas para Negros e Indígenas do Governo do Estado.

Antes de viajar a Natal para receber o Prêmio, Elisa declarou a Afropress: "É uma honra muito grande participar da premiação da Revista Elas por Ela. Ver que nosso trabalho é reconhecido é muito gratificante". 


Artigos Relacionados
Cemitério dos Aflitos, em S. Paulo, será considerado de utilidade pública
Prefeito de São Carlos "premia" acusada de racismo com cargo em Fundação
Como na escravidão, jovem negro é torturado com chibatadas em SP
Ativista negra se declara presa política e acusa justiça seletiva
Twitter
Facebook
Todos os Direitos Reservados