Não é demais lembrar aqui um pensamento do negro ex-vereador, deputado federal, e posteriormente prefeito de Porto Alegre e governador do Rio Grande do Sul, que como parlamentar respeitado um dia enfatizou:
“(…) Já dizia alguém que o pior em todo o Governo são sempre os assessores, os áulicos do poder, que estão a aplaudir constantemente as decisões governamentais como se os governos não fossem constituídos de pessoas humanas, com possibilidade de errar, de cometer uma série de erros”.
Alceu Collares, deputado federal, escolhido pelo Comitê de Imprensa da Câmara dos Deputados, integrado por jornalistas de todo o país que atuam naquela Casa, como o Melhor Parlamentar de 1973.
Nós continuamos livres e independentes de verbas oficiais para nos sustentar, com um pensamento só: fazer com que a liberdade de expressão seja sempre respeitada e não aceitamos convites de nenhum secretário e ou secretária com status de ministros, bajuladores, maçanetas, aspones e auxiliares deles, menos graduados transitoriamente no serviço público, para saborear tapiocas, ostras ou qualquer outras iguarias, pagos com o dinheiro do cidadão-contribuinte-eleitor através do uso desenfreado de cartões corporativos.
Eles vão passar e os objetivos da AFROPRESS e outras mídias independentes prosseguirão “ad eternum”.

Antonio Lucio