Campinas/SP – O estudante João Francisco Ferreira de Souza, 17 anos, do Programa de Ações Afirmativas foi o primeiro colocado geral do Concurso Vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).
Ele obteve 759 pontos – 30 pontos por ter cursado escola pública e mais 10 por ser pardo e fazer parte do Programa de Ações Afirmativas – a segunda maior pontuação já obtida por um calouro da Universidade em toda a sua história. O recorde de pontuação foi de 765 pontos, segundo a Assessoria de Imprensa da instituição.
João Francisco estudou desde a 5ª série em Colégio Militar em Campo Grande (MS), onde morou com a família. O pai é tenente coronel do Exército. Sem fazer Cursinho passou em sete das principais Universidades brasileiras, entre as quais a USP e a PUC/SP, além da Unicamp, onde cursará Engenharia Química.
“Estudar nunca foi um tormento prá mim. Leio de tudo um pouco, mas não deixo de sair com os amigos”, afirmou, recusando o rótulo de “gênio” dado por colegas.
O Programa de Ações Afirmativas e Inclusão Social da Unicamp (Paais), adotado a partir de 2.005, prevê pontuação extra de 10 pontos para alunos que cursarem a escola pública auto-declarados negros (pretos e pardos) e indígenas.

Da Redacao