Araraquara/SP – Mais uma cidade paulista a cria, por intermédio de projeto de Lei, a Assessoria Especial de Promoção da Igualdade Racial, que terá como objetivo a implementação de políticas públicas em favor da população negra do município.
O prefeito Edinho Silva (PT) convidou para o cargo, o militante e ativista Washington Lúcio Andrade, vice-presidente da Ong Fonte, a principal entidade do movimento negro e anti-racista da região.
Washington, destacado militante contra o racismo, integra o Sub-Conselho da Comunicação da TV da Gente, o primeiro canal de propriedade, feito e dirigido por negros do país, que entra no ar neste domingo. Ele tomou posse esta semana, em evento no Teatro Municipal comemorativo ao Mês da Consciência Negra. No mesmo evento tomaram posse os membros do Conselho Municipal de Combate à Discriminação e ao Racismo (Comcedir), composto por membros da administração municipal, OAB, Câmara Municipal, entidades do Movimento Negro, entidades representativas das pessoas com deficiência e das oito regiões que integram o orçamento participativo.
“Nos últimos anos, o apoio de administrações públicas comprometidas com a transformação social, tem impulsionado iniciativas, muitas delas implantadas com eficiência pelo governo, em relação à promoção da igualdade racial e combate a qualquer tipo de discriminação”, afirmou ao tomar posse.
Um dos problemas que o novo órgão da Administração vai enfrentar será a desinformação sobre a cor, tanto por parte dos servidores municipais quanto por parte da população. A intenção é implantar, nos próximos anos, projetos com um diagnóstico e políticas para reduzir a desigualdade racial em Araraquara.

Da Redacao