Vitória/ES – A arquiteta Karen Cristina Maia Gomes, 48 anos, foi presa, em Vitória, Espírito Santo nesta segunda-feira (20/08) por ofensas racistas contra o agente municipal Júlio César Pereira da Polícia de Trânsito da capital capixaba.
Visivelmente embriagada, ela colidiu com outro carro em frente à Igreja Batista de Vitória, na Avenida Beira, e ao ser detida pelo agente de trânsito da Prefeitura que atendeu à ocorrência e pediu sua habilitação, reagiu. “Que se acalma o quê, só porque você é pobre e eu sou rica, seu preto, negro. Só porque eu sou branca e você é preto, seu macaco. Só porque você é assim grandão macaco. É isso urubu filho da p…”
Depois de receber voz de prisão, a arquiteta continuou ofendendo os agentes. De acordo com a Polícia de Trânsito de Vitória, Karen, cuja Carteira de Habilitação estava vencida desde 2.006, foi autuada por injúria de cunho racista, desacato e embriaguez ao volante.

Da Redacao