Antuérpia/Bélgica – Um ataque racista em plena luz do dia, na cidade de Antuérpia, Bélgica, provocou a morte nesta quinta-feira de uma mulher negra e uma criança branca atingidas por disparos de arma de fogo, segundo a Polícia.
O suposto autor dos disparos, um homem de 18 anos, também feriu gravemente uma mulher de origem turca antes de receber da polícia um tiro no estômago. O suspeito está sendo mantido sob a guarda policial em um hospital.
O primeiro-ministro belga Guy Verhosfstadt declarou em comunicado: “Estes horríveis e covardes crimes representam uma forma de racismo extremo”. O premiê fez um apelo a todas as comunidades da Bélgica para reagirem com cautela aos crimes.
“Nós temos que evitar que nossa sociedade seja levada para uma espiral de violência. A polícia e o sistema judicial irão fazer tudo que é necessário para que a justiça seja feita”, disse Verhofstadt.
Testemunhas citadas pela imprensa belga afirmaram que o jovem, vestido de preto, atirou contra a mulher negra no meio da rua, por volta do meio-dia (7h no Brasil), e em uma menina branca que estava sob seus cuidados, na região central da Antuérpia. Ambas morreram no local.
O homem já havia anteriormente disparado contra uma mulher de origem turca, segundo a polícia. A mulher ferida está em estado grave, mas não corre risco de morte.

Da Redacao