S. Paulo – A Praça da Sé e a Praça Ramos, no centro de São Paulo, foram tomadas neste sábado (1º/09) por ativistas e militantes da Rede Educafro, Sindicato dos Comerciários de São Paulo Comissão do Negro e Assuntos Anti-Discriminatórios da OAB/SP, no Dia Estadual de Mobilização em defesa do Estatuto da Igualdade Racial e do PL 73/99, que cria cotas no acesso às Universidades.
Segundo Frei Antonio Leandro da Silva, diretor executivo da Rede Educafro e coordenador do Fórum SP da Igualdade Racial, em um balanço parcial, só nestes dois locais cerca de 2 mil assinaturas foram coletadas.
Em outros pontos da cidade como na Faculdade Zumbi dos Palmares e no Cursinho 20 de Novembro, ativistas do Movimento Brasil Afirmativo também instalaram pontos de coleta. O movimento se estendeu por várias cidades do interior, onde os ativistas também se mobilizaram. O balanço final das assinaturas coletadas no Dia Estadual de Mobilização será divulgado na reunião marcada para terça-feira, 04/09, às 19h, na Educafro.
No dia 12 de setembro, o Fórum entrega aos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, as 100 mil assinaturas em defesa da aprovação dos projetos. Por decisão das entidades que integram a mobilização a pressão também é pela aprovação da PEC 02/2006, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS), que trata do Fundo de Promoção da Igualdade Racial.
A viagem à Brasília, em ônibus fretado pelo Núcleo de Parlamentares Negros do PT (NUPAN), está marcada para o dia 10 de setembro e o retorno de Brasília, dia 13 de setembro.
“Fomos às ruas para conquistar a solidariedade de cidadãos(ãs) em defesa do Estatuto, do PL Cotas e da PEC 02/2006. Evidentemente, tivemos resistências por parte de algumas pessoas, mas nem por isso, esse dia deixou de ser um marco na história do FIR/SP”, afirmou Frei Leandro.
O Frei frisou a importância do comparecimento maciço de todas as entidades e lideranças na reunião de terça-feira. “É importante que quem está com lista de assinaturas leve na reunião para que possamos fazer o balanço final”, concluiu.

Da Redacao