S. Paulo – O Banco do Brasil procura um jovem negro entre 18 , 19 e 20 anos, com conta corrente na instituição para ser protagonista na campanha publicitária do BB Jovem, que terá peças veiculadas na TV, cartazes e outdoors. A campanha está sendo produzida pela Produtora Sagaz Filmes, com sede em S. Paulo, e o cachê previsto é de R$ 6 mil.
Segundo a produtora Andrea Musatti, os interessados devem encaminhar uma foto para o endereço eletrônico [email protected], manifestando interesse em participar da campanha. Musatti disse que ainda não sabe quando a peça irá para o ar.
O interesse do Banco do Banco do Brasil em produzir peças publicitárias com personagens negras, acontece, depois de outro banco estatal – a Caixa Econômica Federal – ter protogonizado o vexame de, em peça publicitária para comemorar 150 anos da instituição, apresentar o escritor Machado de Assis representado por um ator branco.
O caso Machado
Como se sabe, Machado o mais importante escritor brasileiro e fundador da Academia Brasileira de Letras, era afro descendente, filho de um operário pintor de paredes mestiço de negro e português, (Francisco José de Assis), e de uma lavadeira (Maria Leopoldina da Câmara Machado), da Ilha de Açores, Portugal.
Por conta de protestos generalizados nas redes sociais, a Caixa voltou atrás e, por meio do seu presidente Jorge Hereda, divulgou Nota em que pediu desculpas a toda a população e, em especial, “aos movimentos ligados às causas raciais, por não ter caracterizado o escritor que era afro-brasileiro, com a sua origem racial”.
Desde segunda-feira, 10/10, a Caixa começou a veicular nova versão da peça publicitária, desta vez com um ator negro interpretando Machado de Assis.

Da Redacao