Botucatu/SP – Botucatu, cidade localizazada na região centro sul do Estado, a 235 Km da capital realizada neste sábado a Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial, que terá como tema “Os avanços, desafios e as perspectivas da Promoção da Igualdade Racial”.
A Conferência convocada pelo prefeito João Cury, do PSDB, e pela sociedade civil organizada por meio da União Cultural Negra de Botucatu, será aberta à partir das 9h, no Seminário São José (Rua Dr. Costa Leite) e também terá a presença da presidente do Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de S. Paulo, professora Elisa Lucas Rodrigues.
Após a abertura solene, os participantes se dividirão em grupos para discutir temas como Saúde, Educação, Mercado de Trabalho, Segurança, Juventue e Patrimônio Cultural. Segundo a presidente da União Cultural Negra de Botucatu, Conceição Vercesi, a realização da Conferência Municipal, que tirará delegados para a Regional marcada para Sorocaba e para a Estadual – prevista para os dias 10, 11 e 12 de junho no Largo de São Francisco, reflete o avanço da sensibilidade das autoridades públicas e da sociedade em relação ao tema.
Na semana passada, como etapa preparatória da Conferência, a Câmara Municipal realizou no dia 13, sessão solene para lembrar os 121 anos da Abolição, aberta pelo presidente Reinaldo Mendonça Moreira, o vereador Reinaldinho, do PR, e que contou com a presença de seis dos onze vereadores e do vice-prefeito Antonio Luiz Caldas Jr., do PC do B.
A sessão solene teve como palestrante convidado o jornalista e editor de Afropress, Dojival Vieira, que fez uma exposição sobre o escravismo no Brasil e o período de racismo pós-abolição e falou sobre os desafios para que o tema do combate à discriminação e promoção da igualdade ocupe espaço nas políticas públicas.

Da Redacao