Botucatu – Militantes do Movimento Negro de Botucatu e ativistas da causa da igualdade se reúnem nesta quinta-feira (27/09), a partir das 19h30 na sede da CDL, para um Ato Político em Defesa da continuidade e ampliação das políticas de promoção da igualdade racial que vem sendo adotadas no município nos últimos quatro anos.
Segundo Conceição Vercesi, responsável pela Assessoria da Igualdade Racial de Botucatu (que aparece na foto em segundo plano), durante o ato os candidatos da coligação liderada pelo atual prefeito João Cury, do PSDB, e professor Caldas, do PC do B – candidato a vice – assinarão compromisso de dar continuidade as ações que vem sendo desenvolvidas.
Além dos candidatos à reeleição a prefeito e vice estarão presentes candidatos a vereador pela Coligação “Todos Juntos pelo Melhor – + 4 com João”. Cury, desde que assumiu há quatro anos, tem adotado posição em defesa das políticas de promoção da igualdade racial.
Além da criação da Assessoria, foram promovidos seminários com o objetivo de definir políticas públicas em todas as áreas, visando tornar realidade as medidas previstas no Estatuto da Igualdade Racial – Lei 12.288/2010.
O ato político – o primeiro, no interior de S. Paulo com este objetivo – acontece na CDL à Rua Curuzu, 565 – Centro. Botucatu está localizada a 225 Km de S. Paulo.
Segundo o Censo do IBGE 2010, 77% da população de 127.156 mil habitantes se auto-declara branca, 22,3% é negra (preta e parda), 0,7% é de amarelos (orientais) e 0,1% de indígenas.
De acordo com Conceição Vercesi, é preciso que o Estatuto da Igualdade Racial se torne uma realidade em todo o Brasil. “O Estatuto não pode ser mais uma Lei para inglês ver. Se o Movimento não se apropriar dessa ferramenta, tomar conhecimento dela e provocar a implantação da Lei por meio de Planos de Trabalho, ficará muito difícil para o Estado agir em favor das nossas demandas. Aqui em Botucatu estamos fazendo a nossa parte e queremos avançar”, concluiu.

Da Redacao