Rio – O Centro de Articulação de Populações Marginalizadas (CEAP) está lançando a campanha pela implementação da Lei 10.639/03, que institui o ensino da História da África e da Cultura Afro-brasileira nos curriculuns das escolas de ensino fundamental e médio, públicas e particulares.
A Lei, na verdade, já foi reformada pela 11.645/2008, porém, o que ambas fazem é alterar a LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação) – Lei 9.394/96.
O CEAP já promove, anualmente, no Rio e S. Paulo, o Concurso de Redação Camélia da Liberdade, que visa contribuir para que a sociedade brasileira reconheça o papel dos negros na formação do Brasil. O tema do Concurso de Redação deste ano foi “João Cândido: 100 anos da Revolta da Chibata”.
No Rio, os prêmios foram entregues na última terça-feira (16/11) em cerimônia que reuniu professores, estudantes e ativistas da luta pela igualdade. Em S. Paulo será no dia 26/11, na Câmara Municipal.
Para o secretário-executivo do CEAP, Ivanir dos Santos, o Concurso “tem desempenhado um importantíssimo papel”. “Estimular professores e estudantes para pesquisas como o tema de João Cândido não se restringe a adquirir mais conhecimento. Isso faz parte da construção de uma sociedade mais justa, menos desigual. Minha satisfação é enorme e, com muito prazer, participei da entrega dos Prêmios no Rio e estarei em S. Paulo. Nossa luta continuará para que as escolas se mobilizem a fim de propagar e ensinar o que determina a lei já sancionada pelo presidente Lula, em 2003”, afirma.
Prêmios
Em cada Estado participante do concurso, são premiadas as 03 (três) melhores redações das escolas ou dos núcleos de pré-vestibulares populares, com os seguintes prêmios:
1° lugar: 01 (um) notebook (Core 2 duo, tela 14″, HD 160 gb, 2 Gb Ram), 1 (uma) impressora multifuncional jato de tinta (Epson ou HP);
·
2° lugar: 01 (um) microcomputador (Dual Core, LCD 18,5″, HD 160 gb, 2gb Ram, DVD-RW, teclado, mouse, e cx de som) e 1 (uma) impressora jato de tinta (Epson ou HP);
3° lugar: 01 (um) microcomputador (Dual Core, LCD 18,5″, HD 160 gb, 2gb Ram, DVD-RW, teclado, mouse, e cx de som);
A escola, ou núcleo de pré-vestibular popular, cuja redação se classificar em primeiro lugar receberá um laboratório de informática, ou seja, 10 (dez) computadores (Core 2 duo, LCD 17″, HD 250gb, 4gb RAM, DVD-RW, teclado, mouse e cx de som);
O professor orientador da escola ou do núcleo de pré-vestibular popular classificado em primeiro lugar, será premiado com 1 (um) notebook (Core 2 duo, tela 14″, HD 160 gb, 2 Gb Ram).
Para conhecer os premiados desta edição e obter mais informações sobre o concurso, basta visitar a portal da instituição: www.portalceap.org.

Da Redacao