Salvador/BA – O Encontro Ibero-Americano – Afro XXI – que se realiza até sábado em Salvador já tem a presença confirmada dos presidentes de Cabo Verde (José Carlos Fonseca) Uruguai (José Mujica) e República da Guiné (Alpha Condé). Também confirmou presença o primeiro ministro de San Vicente e Granadinas (Ilhas localizadas no Caribe), Ralph Gonsalves, e o vice-presidente da Colômbia Angelino Garzón. A organização do Encontro ainda aguarda a confirmação da presença dos presidentes do Haiti, Angola e Nigéria.

Dilma

A presidente Dilma Rousseff chega na sexta-feira (18/11) no início da tarde, e participa na própria sexta da assinatura de convênios de programas para serem executados em parceria com o Governo da Bahia. No sábado, terá encontros bilaterais com chefes de Estado. Ainda no sábado, os chefes de Estado se reunirão para avaliar as propostas que estão sendo elaboradas no Fórum e divulgarão a "Declaração de Salvador", o documento final que conterá os compromissos dos Governos em relação ao combate ao racismo. O Fórum da Sociedade civil prossegue nesta tarde, e já teve ainda pela manhã, mesa com a presença de Edna Roland, Relatora da Conferência de Durban, Maria Júlia Nogueira, secretária de Combate ao Racismo da CUT, Maria Inês Barobsa, representando a CONEN, e Epsy Campbell, do Centro de Mujeres Afro-tarricenses, da Costa Rica.

Delegações

Além dos chefes de Estado, estão confirmadas as presenças de delegações oficiais de vários países como Benin, Cuba, Equador e Peru, cujo presidente Olanta Humala será representado pela ministra da Cultura Suzana Barca. A ministra peruana, que é cantora, fará show no sábado no Convento do Carmo, dividindo o palco com Gilberto Gil. Também estão confirmadas as presenças da Venezuela, por meio do vice-presidente do Congresso Nacional, de Barbados e da Costa Rica, por meio do Instituto Nacional das Mulheres.

Da Redacao