Moscou – Li Shi Vien, um cidadão chinês de 33 anos, foi morto a punhaladas neste sábado, em Moscou, por um grupo de skinheads. Segundo a polícia da capital russa, o corpo foi achado no pátio interno de um edifício residencial, e apresentava punhaladas no abdômen e golpes no crânio.
De acordo com testemunhas Shi Vien foi atacado por jovens com a cabeça raspada e cortunos, que gritavam palavras de ordem racistas. Cerca de 200 mil chineses vivem em Moscou.
Só este ano, pelo menos outras 15 pessoas foram assassinadas em ataques racistas na Rússia, segundo a Anistia Internacional (AI). Recentemente a Organização denunciou a Rússia por tolerar o aumento dos ataques racistas. No ano passado cerca de 400 ataques deixaram 28 pessoas mortas.

Da Redacao