S. Paulo – Experiências adquiridas nos palcos da Broadway e um novo conceito musical para o samba dão o tom ao show promovido pela Sociedade da Cerveja em 13 de novembro, às 20h, no Bar Brahma Aeroclube.

A cantora Joyce Cândido lança seu DVD com a participação de Zezé Mota, que foi homenageada pela cantora na comemoração dos 40 anos de profissão da atriz e intérprete, durante um show no Teatro Rival Petrobrás, no Rio de Janeiro.

A trajetória artística de Joyce começou no Conservatório Carlos Gomes, de Marília, onde estudou piano. Depois, graduou-se em Música, em Londrina, e se aperfeiçoou em teatro, dança e canto em Nova York, na Broadway. Seu empenho foi reconhecido com o Brazilian International Press Awards, em 2011.

Ao voltar dos Estados Unidos, recebeu uma indicação de Chico Buarque para gravar, na Biscoito Fino, o CD “Bom e Velho Samba Novo”. A produção contou com Alceu Maia, que trabalhou com Diogo Nogueira e Beth Carvalho, entre outros nomes de destaque do cenário artístico. Joyce cantou “Samba e Amor”, obra de seu padrinho, Chico. Em uma das apresentações, com Elza Soares interpretou "Espumas ao Vento", de Accioly Neto, e teve João Bosco como convidado especial em um de seus shows em São Paulo.

Com boa bagagem artística, Joyce empresta sua voz a diversos estilos musicais, inclusive jazz. Chegou a ser dirigida por Bibi Ferreira no lançamento de seu segundo CD ,“O Bom e Velho Samba Novo”, e participou da gravação do CD “Bibi Ferreira – Natal em Família”, no qual cantou ao lado da diva do teatro. Atualmente, Joyce se apresenta no Rio, São Paulo, Minas e viaja em turnês pela Europa.

Abrindo a noite, o Coletivo Sambagroove é uma banda conhecida por mesclar clássicos brasileiros e internacionais, além de incluir composições próprias no repertório. Esta proposta resulta em um ritmo único e inovador. O grupo, que se apresenta há seis anos, começou com os irmãos Erick e Renato Chica, que têm uma família de tradição na percussão brasileira. Depois, eles se uniram aos instrumentistas Bião do Baixo, David Silva e Elton Lu.

A proposta deste coletivo é aliar a sonoridade contemporânea à tradição do samba, criando uma mistura única com diferentes influências musicais. Com esse trabalho, o grupo desenvolve uma nova concepção com a participação dos parceiros Diogo Nogueira, Wilson Simoninha, Serginho Meriti e Jair Oliveira.

Sobre A Sociedade da Cerveja

Movimento que reúne apaixonados pela bebida, a Sociedade da Cerveja desenvolve degustações e eventos culturais, além de iniciativas educativas e promocionais que têm por objetivo ampliar o conhecimento sobre o fermentado entre seus apreciadores.

Um dos principais objetivos da Sociedade é disseminar a cultura, a história e promover o conhecimento sobre os tipos e variedades de cerveja existentes no mundo, seus ingredientes especiais, as formas de produção, os modos de servir, beber e harmonizar, buscando, sobretudo, compartilhar a paixão e o prazer no ato da degustação.

A iniciativa surgiu em 2007, a partir de um grupo de mestres-cervejeiros, blogueiros, jornalistas, apreciadores, indústria e representantes do trade (pontos de venda, como bares e restaurantes), que realizavam encontros para trocar informações e fazer sessões de degustação. O projeto foi retomado e revitalizado em 2012, tendo à frente alguns dos idealizadores, além dos chamados embaixadores da cerveja, clientes especiais que foram criteriosamente selecionados e indicados pelos bares, que compõem esta Sociedade, nos quais ocorrem alguns desses encontros. Mais informações em www.sociedadedacerveja.com.br

SERVIÇO:

Coletivo Samba Groove e Joyce Cândido – Dia 13 de novembro (quarta-feira)

Hora: 20h
Local: Bar Brahma Aereo | Av. Olavo Fontoura, 650 Santana 
Lugares/Capacidade: 800 pessoas
Ingresso: Gratuito
Duração de cada show: 1h
Outras informações: (11) 3367.3601

 

 

Da Redação, com informações de Francine Brandão, da Baobá Comunicação