Niterói – O jornalista Dojival Vieira, Editor de Afropress, participa nesta sexta-feira como palestrante da mesa redonda “Adoções necessárias: a sociedade e as possibilidades de transformação”, no 11º Encontro Nacional de Apoio à Adoção, que este ano acontece em Niterói.
Dojival falará sobre “Adoção Inter-Racial”, numa mesa que também terá a participação de Marlizete Maldonado Vargas, da Universidade Tiradentes e Universidade Federal de Sergipe, Paul Scotto de Porfírio, presidente do Arc em Ciel, que falará sobre “Adoção Internacional”, Maria Aglaé Tedesco Vilardo, desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio, que falará sobre “Adoção por Homossexuais” e Marcia Maria de Carvalho, diretora do Abrigo Casa Maria de Magdala, de Niterói, que falará sobre “Adoção de Portadores de Necessidades Especiais”.
Segundo estudos de pesquisadores do tema, as crianças negras envelhecem nos abrigos por conta do racismo. Candidatos à adoção tem preferência por crianças brancas e prevalece o “padrão loiro de olhos azuis”. Estudo da professora Joice Melo Vieira, mestre em Antropologia Social da Unicamp indica que cerca de 42,8% dos pais adotivos quando perguntados sobre a cor desejada apontam para crianças brancas, 14,3% apontam crianças branca até morena e 13,3% branca até parda.
O Poder Judiciário, como todas as instituições, tem reproduzido o racismo institucional quando faz constar nas fichas de perguntas a candidatos a adoção se aceitam crianças com “traços negróides”.

Da Redacao