Campo Grande – Cerca de 70 famílias indígenas da Nação Guarani Kaiowá, acampados às margens da Rodovia federal BR – 162, que liga os municípios de Antônio João e Bela Vista, no Mato Grosso do Sul, receberam, na semana passada, ajuda emergencial da Cruz Vermelha Brasileira no Estado com apoio do Comitê Internacional da Organização.
A intervenção da Cruz Vermelha acontececeu por conta das condições precárias em que estão vivendo 400 indígenas acampados às margens da estrada, entre as quais 320 crianças, depois que foram expulsos de uma área de 9.300 hectares, por uma decisão da Justiça atendendo a ações movidas por fazendeiros.
A Cruz Vermelha fretou ainda um caminhão para transportar lonas plásticas para a confecção de abrigos temporários, além de três toneladas de roupas e calçados.

Da Redacao