Ah! Democracia, coisa utópica…
Nós hoje não podemos cometer os erros dos nossos ante-passados que se diziam perfeitos, por não verem além de seus narizes. Só que essa falsa realidade deles, fez o mundo ser lavado de sangue, o que ainda escorre por injustiças. A história grita para vermos como somos monstros quando queremos, manter uma raça, religião, política, doutrina, ordem e outras coisas que descrevem o tão sagrado poder.
Eu poderia ficar pensando no que os livros, documentos e vídeos registraram sobre o nosso ódio pelo outro. Sempre ignoramos a existência dele, um tipo como inferior, um objeto de carne osso. Nasceram para satisfazer nossos desejos diabólicos escondidos em nós, que achamos que pensamos e vivemos no mundo como ele é, e não temos a visão condicionada pelos que querem manter a dominação de milhões, de forma abstrata, não visível , não concreta.
-Você já refletiu alguma vez? Será que os povos que escravizaram outros povos tinham consciência, ou agiam como a regra era imposta? Então porquê mataram os que não acreditavam na forma de mundo que eles vivam, os que sabiam que o que diziam ser certo era nefastamente errado?
Não quero ficar aqui filosofando! Por não sentir-me tão capaz, para tanto.
Só que hoje você que está lendo esse texto está preocupado com o fim do mundo, com o aquecimento global, que fará aparecer muita mercadoria bio para vender? Deve até estar tomando mais Coca-cola, para ela dar dos milhões que arrecada dois centavos que vale a pena. Porra vale a pena!. Essa é a sua nova campanha publicitária que utiliza modelos negros para pedir, sua ajuda de consumo consciente, para ela dar os centavos as instituição que diz que ajuda? Não sou hipócrita, também bebo o refrigerante, não pela razão de sua propaganda, pelos trabalhadores da industria que ela emprega. A moda agora é marketing social, então vale tudo.
Mas eu ando nas ruas e ainda vejo homens pretos, mulheres brancas, crianças tentando viver, os não cidadãos distantes dessa sociedade perfeita. Não vejo nenhum meio de comunicação falar excessivamente do dia Internacional Contra o Racismo. Não muito, o ministro inglês Toni Blair pediu desculpa pela segunda vez pelos erros ingleses da escravidão. Os que construíram a nação estadusinense para manter o poder da coroa.
A lutar contra o racismo tem que ser todos os dias. Ae! Sem essa de dizer! Que gosta de pretos e pretas. Porque o racismo é valor de dominação de classe, não essa falácia totalmente excludente, você se acha o ser perfeito. Se precisa de muita ação verdadeiras dos movimentos, principalmente do hip hop. Acredito que a primordial é o reconhecer que não somos brancos como a neve e nem temos o poder que uma elite branca mantém.

Rapper Pirata