S. Paulo – O advogado Eduardo Pereira da Silva, 53 anos, assumiu nesta quarta-feira (17/11), a presidência da Comissão da Igualdade Racial (CONAD) da Ordem dos Advogados do Brasil de S. Paulo para um mandato de três anos.
Ele foi empossado pelo presidente da OAB paulista, Luiz Flávio Borges D’Urso, em cerimônia na sede da entidade, que contou com conselheiros da Ordem e advogados e advogadas negras. No discurso de posse, Pereira da Silva lembrou “a loucura que é ser negro no Brasil”. “Somos de origem humilde. Muitas vezes são precursores na família. Eu, por exemplo, sou o primeiro da família a cursar uma Universidade”, acrescentou.
O novo presidente da CONAD lembrou a desigualdade sócio-racial no país, em que “leis tendem a se tornar normas programáticas”. “Nós estamos diante de uma barreira e essa barreira há de ser derrubada”, concluiu.
D’Urso, por sua vez, homenageou o novo presidente, lembrando que sua ascenção ao cargo “é um tributo de reconhecimento do seu trabalho a OAB e a toda advocacia de S. Paulo”. “Um dia não vamos mais precisar de Comissão da Igualdade, porque efetivamente já a teremos conquistado”, afirmou, acrescentando que o novo presidente foi escolhido entre 300 mil advogados que existem no Estado.
“O objetivo dessa comissão – o próprio nome o diz – é a igualdade racial, denunciar as violações e reclamar providências das autoridades”, concluiu.
Composição
A Comissão da Igualdade Racial da OAB/SP é formada por 33 membros efetivos e cinco colaboradores. Entre os efetivos, destacam-se, Fábio Feldman, ex-candidato a governador do Estado, pelo PV, a advogada, Carmen Dora, ex-presidente da Comissão, e o vice presidente, Luiz Carlos Ribeiro da Silva, que é também dirigente da Escola de Samba Vai-Vai.
Entre os membros colaboradores está a juíza do Trabalho, Milene Ramos, que foi homenageada por D’Urso, na sua saudação de posse.
O novo presidente da Comissão da Igualdade é advogado com atuação na área cível, casado com a psicóloga Dulcinéa Magali e tem dois filhos. Na direção da Comissão, além do vice-presidente, ele terá na secretaria a advogada Margareth Barreto.

Da Redacao