Nova Orleans – Bruce Gordon, o presidente da Associação Nacional para o Avanço das Pessoas de Cor (NAACP, em inglês) uma das mais tradicionais entidades negras americanas, pediu que o Congresso crie um fundo para as vítimas do Katrina, semelhante ao que fez com as pessoas que sofreram os atentados de 11 de setembro de 2.001.
Segundo Gordon, é o mínimo que o Congresso americano pode fazer, depois das cenas de descaso e da lentidão com que o Governo Bush atendeu aos pedidos de socorro das milhares de vítimas da passagem do furacão há duas semanas. O Governo Bush vem sendo acusado de racismo por lideranças como o Reverendo Jesse Jackson e o cineasta Michael Moore. Cerca de dois terços da população de Nova Orleans é negra. Neste fim de semana, a mãe de Bush protagonizou mais um vexame, ao dizer depois de uma visita aos desabrigados, que as vítimas estariam melhor do que antes.
Grupos como o Internacional Action Center, a coalizão Answer e o American Progress Action Fund concordam que a ajuda chegou muito tarde para as milhares de pessoas na Louisiana, no Mississipi e no Alabama que podem ter morrido por causa da passagem do Katrina.

Da Redacao