S. Paulo – Entre as entidades e lideranças tradicionais de S. Paulo, apenas a Educafro, o Congresso Nacional Afro-Brasileiro (CNAB) e o Instituto Sindical Latino Americano para a Igualdade Racial (INSPIR) participaram da agenda de atividades do senador Paulo Paim (PT-RS), quando o senador gaúcho lançou a segunda etapa da campanha popular de coleta de assinaturas em defesa da votação do Estatuto da Igualdade Racial.
A Educafro, a maior rede de cursinhos para negros do país esteve presente por intermédio de Frei Leandro, que assumiu a direção executiva da entidade em lugar de Frei David, afastado por motivo de doença. O CNAB foi representado pelo professor Eduardo de Oliveira e por Ernesto Luiz e o INSPIR por sua presidente Neide Fonseca, que participou e falou no ato do Sindicato dos Comerciários.
Entidades como Geledés, CEERT e Fala Preta, e o Conselho da Comunidade Negra do Estado de São Paulo, ignoraram a visita. Nem estiveram presentes, nem mandaram representantes.
Entre as lideranças, das que costumeiramente participam do debate, Flávio Jorge e Milton Barbosa, respectivamente da Coordenação Nacional de Entidades Negras (CONEN) e do Movimento Negro Unificado (MNU), embora convidados, não foram.
Presenças
A agenda de Paim em S. Paulo, no entanto, foi feita principalmente de presenças. O cartunista negro Maurício Pestana, colunista da Revista Flash e conhecido nacionalmente pelo trabalho em defesa da igualdade racial , esteve no ato na OAB. Jurandir Nogueira, membro do Conselho da Comunidade não reeleito, esteve na CONAD e no Sindicato.
O professor Hélio Santos, do Instituto Brasileiro da Diversidade (IBD), justificou a ausência por estar em viagem para fora do Estado, porém, mandou mensagem falando da importância da aprovação do Estatuto.
Em compensação, dezenas de jovens militantes como Daniela Zeidan, Luiz de Jesus, Fernando Faleiros, João Bosco Coelho e Denis Rodrigues dos Santos, do Movimento Hip Hop de Itapecerica, assumiram o comando das atividades da Agenda, desde a recepção ao senador Paim, em Congonhas, na quinta-feira quando chegou, até o encerramento na Universidade Zumbi dos Palmares.

Da Redacao