Brasília – O estudante Marcelo Valle Silveira Mello, do Curso de Letras da UnB, acusado pelo Ministério Público de Brasília por crimes de racismo na Internet, compareceu ao IML nesta terça-feira, 07/03, para se submeter ao exame de sanidade mental autorizado pela Justiça.
O exame é feito em duas fases: um teste psiquiátrico, em que são avaliadas as condições clínicas, e um teste psicológico, em que são avaliadas as condições emocionais. Mello se submeteu ao teste psiquiátrico e deverá retornar nos próximos dias para passar pelo teste psicológico. Depois disso o IML de Brasília emitirá o laudo conclusivo sobre sua sanidade mental.
O exame foi determinado pela juíza da 6ª Vara Ana Paula Loiola, a pedido dos advogados do acusado para escapar do interrogatório que iniciaria o julgamento no dia 23 de janeiro passado pelos crimes em que é acusado previstos na Lei 7.716/89. Ele pode ser condenado a penas que variam de 2 a cinco anos de prisão por cada delito. Se o laudo do IML atestar que sofre das faculdades mentais, contudo, mesmo assim, dificilmente escapará das medidas de segurança previstas nestes casos.

Da Redacao