S. Paulo – O ex-árbitro de futebol, agora dublê de comentarista, Oscar Roberto de Godoi, usou o seu espaço no programa Debate Bola, transmitido pela TV Record, nesta semana para atribuir o mau desempenho da seleção brasileira na Copa América no jogo contra o Equador, ao fato de a maior parte dos jogadores serem negros. “Essa seleção mais parece um time da África”, disse Godoi, acrescentando ser “preciso colocar um branco ali”.
Os comentários de conotação abertamente racista do ex-árbitro causaram revolta de telespectadores, como Rodrigo Coelho, que assistiam ao programa, comandado pelo jornalista Milton Neves. O Brasil venceu a partida por um a zero, gol de pênalti marcado por Robinho.
“O comentário de que “é preciso colocar um branco ali”, foi apenas um mal disfarce para um discurso ainda pior: o de que é inaceitável, para ele, uma seleção composta quase em sua totalidade de jogadores negros, pois é indiscutível a habilidade dos jogadores negros selecionados, desde sempre, com a camisa verde-amarela. E ele falava nisso de uma maneira tão incisiva, que ficou estampada no rosto dos outros apresentadores a vergonha por que passaram, todos tentando fazê-lo parar com tais comentários”, escreveu Rodrigo à Afropress.
“Até quando teremos de aceitar isso, só porque a uma ou outra emissora é grande e poderosa? Este senhor, já venho observando, nunca perde a oportunidade de se referir aos jogadores negros com termos jocosos e racistas”, concluiu.

Da Redacao