S. Paulo – A Flink Sampa – Afroétnica – Festa do conhecimento, Literatura e Cultura Negras, promovida pela Afrobras e Universidade Zumbi dos Palmares, deve reunir cerca de 10 mil pessoas nos dias 22 e 23 deste mês, no Memorial da América Latina, segundo estimativa de Francisca Rodrigues, Pro-Reitora da Universidade Zumbi dos Palmares.
Nesta segunda edição, a Flink Sampa homenageia a escritora Carolina de Jesus, favelada, autora, entre outros, do livro “Quarto de Despejo”, traduzido para várias línguas, que terá relançamento especial numa parceria da Editora Ática com a Editora Zumbi dos Palmares.
Também estão previstas dezenas de atrações, debates literários com autores nacionais e estrangeiros, lançamento de livros, seminário internacioal, shows, batalha de free style, basquete de rua, espetáculos de treatro e dança, oficinas de moda e beleza, exibição de filmes e atividades para crianças.
Atrações
A sambista e deputada reeleita por S. Paulo, Leci Brandão, e Jair Oliveira, Jairzinho, filho de Jair Rodrigues, deverão se apresentar no palco do Memorial, que também receberá “Os Prettos” e o rapper Max B.O.
Entre as principais atrações confirmadas estão a ativista dos Direitos Humanos Graça Machel, viúva do ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela. As Misses Deise Nunes (Brasil, na foto), Leila Lopes (Angola) e Yitayish Ayenew (Israel), que participarão de um bate-papo com o criador da São Paulo Fashion Week, Paulo Borges.
Paralelamente, no dia 22, sábado, haverá o Seminário Internacional, no campus da Universidade Zumbi dos Palmares, que contará com a participação de representantes de universidades negras norte-americanas, as HBCUs. A Flink Sampa será encerrada no dia 24 de novembro na cerimônia de entrega do 12º Troféu Raça Negra para convidados na Sala São Paulo. Os eventos são realizados pela Afrobras e Universidade Zumbi dos Palmares. Mais informações:www.flinksampa.com.br

Da Redação, com informações da Faculdade Zumbi dos Palmares