S. Paulo – Estatuto da Igualdade Racial, Ações Afirmativas, cotas e políticas públicas para a população negra brasileira serão os temas do debate entre o professor Hélio Santos, doutor em administração e um dos mais importantes intelectuais negros brasileiros, e o jornalista e colunista do “Estadão” Demétrio Magnoli, um dos ideólogos da política anti-cotas e anti-Estatuto da Igualdade Racial.
O debate, promovido pelo Grupo Estado (Jornais o Estado de S. Paulo, Rádio Eldorado e Jornal da Tarde), acontece nesta quinta-feira (31/05), a partir das 15h na sede do Grupo (Avenida Celestino Burroul, 100 – próximo à Marginal Tietê) e será transmitido pelo portal do Estadão na Internet, que pode ser acessado pelo endereço eletrônico – www.estadao.com.br. Também será reproduzido na íntegra na edição do Estadão deste domingo, dia 03 de junho.
Quem quiser participar poderá acessar a página do jornal e mandar perguntas para serem respondidas por Santos e Magnoli. A mediação será do jornalista Roberto Godoy.
Segundo o jornalista Roldão Arruda, do Grupo Estado, a escolha de Hélio Santos se deveu ao fato dele ser um dos mais destacados intelectuais negros do país e ter sido um dos responsáveis pela inclusão desse tema nas discussões preparatórias para a Constituição de 1.988. “Ele conhece como poucos o assunto e, além disso, é um bom polemista”, acrescentou.
Já Magnoli, segundo Arruda, entrou nessa questão há dois anos e vem se destacando, além de ser colunista do jornal. No início deste mês, os dois participaram do programa Opinião Nacional, do jornalista Alexandre Machado, na TV Cultura de S. Paulo, com transmissão para todo o país.

Da Redacao