S. Paulo – Zumira de Souza Borges Cardoso, 26 anos, estudante angolana que fazia Engenharia na Uninove, foi assinada na noite da última terça-feira (22/05) em um bar na Rua Cavalheiro, no Brás, Centro de S. Paulo. Os disparos ocorreram, segundo testemunhas depois que dois clientes brasileiros xingaram o grupo de angolanos de “macacos”. O grupo era integrado ainda por Celina Bento Mendonça, de 34 anos, grávida de oito meses, Gaspar Armando Mateus, de 27, e Renovaldo Manoel Capenda, de 32.

Após rápida discussão, um dos autores da agressão voltou ao bar em um Gol prata, desceu do veículo e atirou contra o grupo. Celina, a mulher grávida de cerca de oito meses, levou dois tiros, um deles na barriga, e permanece internada no Hospital João XXIII, na Barra Funda. A criança, segundo as primeiras informações, não foi atingida. Gaspar e Renovaldo também foram baleados, porém, já receberam alta.

O caso está registrado no 8º DP do Brás/Belém, como homicídio simples consumado e homicídio simples tentado. A Polícia não tem pistas do autor dos disparos.

Da Redacao