Itapecerica/SP – Militantes do Movimento Brasil Afirmativo de Itapecerica, na região metropolitana de São Paulo e de mais quatro cidades da região sudoeste, montarão banquinhas de coleta de assinaturas neste sábado, 25/08, em defesa do Estatuto da Igualdade Racial e do PL 73/99, que cria cotas no acesso às Universidades.
A coleta faz parte do mutirão que está mobilizando centenas de ativistas no Estado visando pressionar deputados e senadores a aprovar os dois projetos que há anos estão parados no Congresso Nacional. No dia 12 de setembro, as assinaturas (a meta é atingir 100 mil nesta etapa da campanha) serão entregues em audiência aos presidentes da Câmara, deputado Arlindo Chinaglia, e do Senado, senador Renan Calheiros.
Segundo Denis Denis Rodrigues dos Santos, ativista do Brasil Afirmativo e integrante do H2MOR – grupo de hip hop de Itapecerica – o mutirão de coleta se estenderá pelas cidades de São Lourenço da Serra, Juquitiba, Cotia e Embu das Artes, das 8h às 17h, reunindo pelo menos quarenta ativistas. As banquinhas serão colocadas em pontos estratégicos do centro de cada uma dessas cidades, onde as pessoas receberão explicações sobre o objetivo do Abaixo-Assinado e do significado de temas como Estatuto da Igualdade Racial, Ações Afirmativas e Cotas para negros e indígenas nas universidades e no mercado de trabalho.
O movimento de coleta de assinaturas e de sensibilização da sociedade para pressionar o Congresso foi iniciado em julho do ano passado e se ampliou com a criação do Fórum São Paulo da Igualdade Racial, integrado, além do Movimento Brasil Afirmativo, pela Rede Educafro, Instituto do Negro Padre Batista, Sindicato dos Comerciários de São Paulo e dezenas de entidades em várias cidades do Estado.
.

Da Redacao