Porto Alegre/RS – O jornalista e escritor Oscar Henrique Cardoso, colunista de Afropress, lança nesta quarta-feira (11/12) no Plenarinho da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, a Coletânea "Negras Palavras Gaúchas", livro nascido da idéia do jornalista de reunir um grupo de autores negros e não negros, e também abrir espaço a um grupo de intelectuais convidados de outros Estados para chamar a atenção para a produção intelectual negra no país.

Segundo Oscar, é momento de os nossos pensadores, nossos formadores de opinião e escritores divulgarem seus trabalhos no mercado editorial, jogando luz sobre a existência de um coletivo negro que reflete e escreve sobre sua própria trajetória, história, ancestralidade e identidade. Também coube ao jornalista elaborar material que sirva de apoio para a aplicação da Lei Federal 10.639/2003 na rede pública e privada de ensino.

O lançamento, que é uma realização do Seminário Multiétnico de Empreendedores Sociais, contará com a presença de parlamentares e autoridades representantes dos governos estadual e municipal e será realizado conjuntamente com o Grupo Multiétnico de Empreendedores Sociais, Comissão de Economia e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, com apoio institucional da Companhia Riograndense de Saneamento, Corsan.

Oscar pensa em organizar novos eventos de apresentação e autógrafos da Coletânea com a presença dos autores participantes no interior gaúcho, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília. O autor busca apoio para lançar a Coletânea "Negras Palavras Gaúchas" em Luanda, Angola, em 2014. O projeto de uma segunda Coletânea está em fase de elaboração e o desejo de lançar o projeto em terras africanas visa promover uma ponte cultural entre o Rio Grande do Sul e Angola.

Conforme explica o autor, o objetivo do projeto é fomentar a integração e a união de intelectuais negros e não negros gaúchos para pensar a cultura afro e o cotidiano afro-brasileiro a afro-gaúcho com escritores e pensadores nos países africanos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, com um viés e a partir do Rio Grande do Sul.

“Foi aqui, a partir de Oliveira Silveira, com o Grupo Palmares, que nasceu o debate e o reconhecimento do dia 20 de novembro como o Dia Nacional da Consciência Negra. Será aqui no Rio Grande do Sul, a partir do lançamento deste projeto, que nascerá uma nova produção editorial, um novo caminho que dará voz e vez aos negros gaúchos. A todos que escrevem, a todos que pensam, a todos que vivem e refletem a negritude. É daqui que vamos usar a arte para contar as nossas negras verdades”, comemora o autor.

SERVIÇO

Seminário Multiétnico de Empreendedores Sociais – Lançamento da Coletânea Negras Palavras Gaúchas

Data: Quarta-feira, 11 de dezembro de 201

Local e Horário: Plenarinho, 3º andar, Assembleia Legislativa do RS. Praça Marechal Deodoro, s/n, Centro Histórico, Porto Alegre, RS, 19 horas.

Realização: Grupo Multiétnico de Empreendedores Sociais e Comissão de Economia e Desenvolvimento Sustentável, Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul.

Apoio institucional: Companhia Riograndense de Saneamento, Corsan

Participantes

1.    Carmela Grune

2.    Cassio Rodrigues

3.    Cesar Augusto de Oliveira

4.    Cica de Oyó

5.    Daniela Brizolara

6.    Dojival Vieira

7.    Éder Farias

8.    Elói Ferreira de Araújo

9.    Giovanni Nunes Talavera

10. Jeanice Ramos

11. Jorge Terra

12. João Carlos Agostinho Prudêncio

13. Lucas Caregnato

14. Lúcia Regina Brito Pereira

15. Luiza Bairros

16. Márcio Alexandre Gualberto

17. Nilda Corrêa Cardoso

18. Patrícia Brito

19. Paulo Rogério Corrêa Vargas

20. Sandrali Bueno

21. Sérgio Dorneles

22. Vera Lúcia Machado de Oliveira

23. Xandeko de Xangô

24. Oscar Henrique Marques Cardoso, organizador e idealizador do projeto

Da Redacao