Vitória/ES – O jornalista Márcio Alexandre Martins Gualberto, ex-coordenador geral do Coletivo de Entidades Negras (CEN), a terceira maior articulação política do movimento negro organizado, está desde a semana passada internado no Hospital Santa Úrsula, de Vitória, no Espírito Santo.

Martins Gualberto, que há algum tempo se afastou da militância para se dedicar ao culto de Ifá (religião de matriz africana), sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e seu estado ainda é grave, segundo os médicos que o atenderam.

Com a saúde frágil (ele é cardiopata e os médicos já cogitaram realizar um transplante de coração), Márcio perdeu os movimentos de todo o lado esquerdo, segundo Eliana Queiroz, sua ex-companheira.

Angustiada e preocupada com a saúde do jornalista, Eliana tem encontrado dificuldades para obter notícias da situação de Márcio Alexandre, que, segundo relato de pessoas que estiveram com ele, não consegue se expressar com clareza.

Nas vezes em que conseguiu se fazer entender, insistia em voltar para sua casa no Rio, porém, os médicos afirmam que suas condições de saúde não permitem transferência.

Márcio é um dos pioneiros do jornalismo on line focado na temática do combate ao racismo, criador e editor da Revista Afirma – Revista Negra on line, lançada no ano de 2000 e que ficou no ar até a realização da III Conferência Mundial contra o Racismo, a Xenofobia e a Intolerância Correlata realizada em Durban, na África do Sul, em 2001. Ele também é autor do Mapa da Intolerância Religiosa  e colunista de Afropress.

Da Redacao