S. Paulo – A Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania e a Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) homenagearão no próximo dia 28/11, o líder negro abolicionista Luiz Gama. Na solenidade, que marcará a passagem dos 125 anos de sua morte, será descerrado um quadro à óleo do poeta, que posteriormente irá ocupar espaço na Sala Visconde de São Leopoldo, área nobre da instituição.
Gama foi um dos mais brilhantes lutadores da Causa da libertação do povo negro e mesmo sem ser advogado diplomado, (funcionava como rábula, pois embora tivesse freqüentado aulas não era aceito formalmente na Faculdade por ser negro), conseguiu a libertação de mais de 500 negros escravizados. O simbolismo da homenagem está em trazer para dentro da
A solenidade está marcada para 18h, no Salão Nobre da Faculdade de Direito, no Largo São Francisco. Depois da homenagem haverá conferência sobre o tema “O SISTEMA DE JUSTIÇA E O COMBATE AO RACISMO INSTITUCIONAL”, com a participação dos professores Hélio Santos, Sueli Carneiro e Celso Lafer.

Da Redacao