Brasília – A cantora Leci Brandão comandou a adesão de lideranças negras à campanha pela reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em ato no Comitê Nacional da Campanha que reuniu cerca de 28 entidades, entre as quais a Rede Educafro.
Em troca do apoio, os movimentos entregaram a Jacques Wagner, novo governador da Bahia, que representou Lula no ato, um documento com reivindicações para serem implementadas em caso de vitória nas eleições deste domingo.
Entre as propostas está a formação de professores da rede pública para uma educação anti-racista e a defesa de cotas para negros e indígenas.
Na área da saúde a proposta é a garantia da assistência psíquica para a população negra e implementação de núcleos de atendimento à mulher negra nos hospitais de rede pública. Também foi proposto a abertura de um curso obrigatório de combate ao racismo para os policiais federais, civis e militares com duração mínima de 40 horas.
No domingo, segundo informa o colunista de Afropress, Antonio Lúcio, o cantor e empresário Netinho de Paula, já havia assumido a campanha do atual presidente, acompanhando Lula em um ato na Cidade Tiradentes, região que tem o único subprefeito negro de S. Paulo, o tucano Arthur Xavier.

Da Redacao