Com um solidéu na cabeça presenteado pelo representante da comunidade judaica Sérgio Niskier, e o convite a que todos os representantes de outras etnias para que subissem ao palco, a ministra Matilde Ribeiro abriu há pouco, a Plenária final da 1ª Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial.
Entre as propostas e moções aprovadas, está a que propõe o fim da obrigatoriedade do Ensino Religioso nas Escolas públicas.
A plenária aberta no início da tarde prossegue, com a discussão e votação de centenas e propostas encaminhadas pelos grupos temáticos que estiveram reunidos durante toda a tarde de ontem no Colégio Galois.

Da Redacao