S. Paulo – As eleições deste ano também revelam o abismo entre o Brasil real e o sistema político representativo: embora negros (pretos e pardos) correspondam a 50,7% da população brasileira, a maioria dos candidatos que disputarão uma vaga para prefeito, vice-prefeito e vereador se autodeclara branca. Os candidatos brancos são, no total, 254 mil –  51,5% – dos 493 mil candidatos, de acordo com levantamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Os candidatos pretos e pardos representam só 47,7% do total – 39,1% pardo e 8,6% pretos. A população que se autodeclara branca, de acordo com o último Censo do IBGE 2010 representa 47,7% do total da população, precisamente a proporção da presença negra nestas eleições.

Além da participação nas eleições não refletir a presença na população brasileira, os negros tem maior representação na disputa para os legislativos: 48,7%. Ainda assim, a maioria dos candidatos a vereador se autodeclara branca – 50,5%.

A presença de brancos é amplamente majoritária na disputa dos cargos majoritários  e para os cargos executivos – prefeitos e vice-prefeitos: 66,4% dos candidatos a prefeito no país se autodeclara branca; apenas 32,8% se autodeclara preta ou parda. Entre os candidatos a vice-prefeito, a situação se repete: 62,7% se autodeclara branca, contra 36,3% de negros.

 

Da Redacao