S. Paulo – Militantes e ativistas do Movimento Brasil Afirmativo reuniram-se neste sábado, 30/09 na sede do Núcleo da Consciência Negra da USP para continuar a mobilização pela coleta de assinaturas em favor da aprovação do Estatuto da Igualdade Racial e do PL 73/99, que criam Ações Afirmativas e Cotas, e organizar a Parada Negra, em 20 de novembro – Dia Nacional da Consciência Negra.
A reunião também serviu para um balanço do trabalho de coleta de assinaturas que vem sendo feito nas escolas. O abaixo assinado também está circulando nas entidades de bairro como a União dos Moradores de Heliópolis (Unas), e Escolas de Samba de S. Paulo.
A direção da Escola Mocidade Alegre, cuja sede fica na Avenida Casa Verde, Bairro do Limão, já autorizou a instalação de uma mesinha para coleta de assinaturas, durante as semifinais para a escolha do samba enredo do carnaval 2.007.
Neste domingo, militantes do Movimento Brasil Afirmativo montarão uma mesinha para a coleta de assinaturas e divulgação da Parada. A proposta é levar o tema das Ações Afirmativas e das Cotas para as ruas, para que não fique restrito à Academia e ao Parlamento, onde a correlação de forças para a aprovação de medidas de reparação é desfavorável.
Por outro lado, as listas estão se espalhando por todo o Estado. O ativista de S. José do Rio Preto, José Raimundo dos Santos Silva, está coordenando a coleta na cidade. Na sexta-feira, 29/09, durante debate promovido pela Sub-Comissão da Ordem dos Advogados do Brasil de Santos, que teve a participação do editor de Afropress, jornalista Dojival Vieira, ativistas da Rede Educafro, assumiram a coleta e pediram listas para passar entre os alunos do cursinho em Santos e na Baixada Santista.
A próxima reunião acontecerá no sábado, dia 07/10, no auditório da Coordenadoria Especial de Assuntos da População Negra, na Rua Líbero Badaró, centro de S. Paulo, por iniciativa do coordenador do órgão, Mário Côrtes.
Côrtes disse que se empenhará em convocar todas as entidades do Movimento Negro de S. Paulo para discutir a unidade de ação no dia 20 de novembro.

Da Redacao