Rio – Morreu às 6h30 desta quinta-feira (20/03), no Hospital Samaritano, em Botafogo, Zona Sul do Rio, o cantor Emílio Santiago. Emílio tinha 66 anos e estava internado desde o início do mês por causa de um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

O cantor morreu por causa de complicações decorrentes do AVC. O Velório está sendo realizado na Câmara de Vereadores do Rio, no Centro, e está aberto ao público. O enterro acontecerá às 11h, desta quinta-feira, no Memorial do Carmo, no Caju, Região Portuária. Emílio será enterragado ao lado do local onde sua mãe está sepultada.

O cantor iniciou sua carreira na década de 70 e teve como maiores sucessos as canções “Saigon” e “Lembra de mim”. Seu último trabalho registrado foi o CD/DVD “Só danço samba”, ao vivo, lançado no ano passado.

Quem foi

Emílio Santiago nasceu em 1.946 no Rio. Formou-se em Direito pela Faculdade Nacional de Direito, mas era um apaixonado por música, o que o fez disputar diversos festivais, sagrando-se vencedor em muitos deles.

Conhecido pelo tom de voz ao mesmo tempo grave e suave, o cantor apresentou diferentes gêneros durante sua carreira, mas estava mais voltado para a música romântica, a MPB e o samba.

Da Redacao