S. Paulo – Uma Mostra de Cinema Negro e um Encontro Internacional de Cotistas também serão destaques na FLINK-SAMPA. A Mostra  acontecerá nos dias 15 e 16 de novembro, no Cineclube Darci Ribeiro, do Memorial, e na programação estão incluídos filmes como "Ninguém sabe o duro que dei” sobre a vida do cantor Wilson Simonal; “Cruz e Sousa: o poeta do desterro”, de Sylvio Back; “Vista minha Pele”, de Joel  Zito Araújo, “Abolição”, de Zózimo Bulbul; “Maria Carolina de Jesus”, de Jeferson De; e “O homem que virou suco”, de João Batista de Andrade.

O Encontro de cotistas com a presença de estudantes das principais universidades brasileiras (Universidade de Brasília, UERJ, UEMS, UNIFESP, UNESP e UFSCAR, entre outras) acontecerá paralelamente ao II Seminário Internacional sobre Diversidade e Inclusão, que debaterá o tema "negros na sociedade” e contará com a participação de palestrantes de renome das Universidades brasileiras e norte-americanas.

Confira outras atrações da FLINK-SAMPA
 
Espaço Afrokids: em parceria com a Editora Abril, espaço com contação de estórias, brincadeiras, palhaços e atividades recreativas e educacionais para as crianças;

 

Espaço Mulher: inteiramente dedicado aos cuidados femininos, com massagens, maquiagem, design de sobrancelha, cabelos, unhas, saúde e bem estar e tudo com produtos especiais para a pele negra;

Espaço Empreendedorismo: em parceria com o SEBRAE, esse espaço proporcionará palestras, seminários, rodas de conversa e negócios com empreendedores negros, hoje responsáveis por 50% das pequenas e microempresas no Brasil;

Espaço Makeda: a voz da periferia – ex- alunos da Faculdade Zumbi dos Palmares que trabalham com comunicação dão espaço e voz para representantes da periferia, com hip hop, autores, escritores, rimadores e outras estéticas artísticas da periferia;

Espaço Religiosidade: consulentes farão atendimentos especializados em tarô, búzios e jogos de advinhações, com escopo na tradição religiosa africana;

Espaço Gourmet: na praça de alimentação haverá as famosas “quitandeiras” vendendo seus doces e quitutes em suas roupas tradicionais africanas embaladas com rodas de samba, pocket shows, monólogos e outras atrações;

Rodas de Poesia: em diversos espaços serão realizadas rodas de poesias e debates sobre a obra de Cruz e Sousa, com a presença de celebridades interpretando textos do grande autor brasileiro. Painéis gráficos serão montados relatando a trajetória do poeta, enquanto um artista devidamente trajado encarnará a personagem Cruz e Sousa – patrono da FLINK;

 Bicicletada: passeio ciclístico para 1.500 pessoas, dia 17 de novembro, do MASP para o Memorial da América Latina.

 

 

Da Redação