S. Paulo – Uma senhora de presumíveis, com idade entre 60 e 70 anos, foi presa nesta quinta-feira (15/09), em plena Avenida Paulista – o maior centro financeiro da América Latina – acusada pela prática do crime de racismo previsto na Lei 7.716/89.
Segundo os policiais que deram voz de prisão – a mulher demonstrando total descontrole e desequilíbrio – exigiu que um morador de rua paraplégico fosse retirado do seu caminho, chamando-o de “macaco”. “Vocês tem de recolher esse lixo, esse macaco”, afirmou.
Ao receber voz de prisão, a mulher – cujo nome não foi revelado – investiu contra os policiais militares.
Veja o vídeo da TV Record

Da Redacao