Araçatuba/SP – O Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros de Araçatuba (NEAB), pretende ampliar este ano suas ações, incluindo as escolas particulares e a rede estadual. Segundo o seu novo coordenador, Marcos Benedito, que exerce a função de Assessor de Elaboração de Projetos e Planejamento da Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura.

Benedito acrescenta que, além da ampliação da atuação, pretende fazer esforços no sentido de que o Núcleo repercuta na cidade as políticas implementadas nacionalmente, visando o aprimoramento da Lei 10.639/03 e a Lei 11.645/08, que instituem a obrigatoriedade do ensino de História da África e Cultura Afro-Brasileira e indígena no ensino fundamental e médio das escolas públicas e particulares.

O NEAB foi criado por intermédio de parcereia entre a Secretaria Municipal de Participação Cidadã da Prefeitura (SMPC), a Associação Cultural Afro-Brasileira de Araçatuba e a Secretaria Municipal de Educação.

TRABALHO

O primeiro passo do núcleo foi dado na HTPC (curso de formação para professores) promovido para debater o tema. Com a iniciativa de alguns professores, Marcos Benedito lembra ter sido possível a formação do grupo que vem atuando na pesquisa e estudo da História e Cultura Afro-brasileiras. “A Lei 10.639/03 contribui para o resgate da tradição e da valorização da identidade negra. Este conhecimento da cultura, a partir da Educação Fundamental, auxiliará a formar uma geração na qual o aluno afrodescendente passará a mirar-se mais positivamente na história de seu povo. Podendo reivindicar conscientemente o direito à igualdade de oportunidade nesta nação que os seus ancestrais ajudaram a formar”, explica Benedito.

A Secretaria Municipal de Educação, em conjunto com o NEAB (Núcleo de Estudo Afro-brasileiro), tem como meta a formação de professores e educadores.

O NEAB é parte integrante do Fórum da Construção da Consciência Negra, que é um Programa de Integração e Inclusão Étnico-racial, formado por docentes, e membros da sociedade civil, bem como demais interessados em pesquisar as temática das Relações Raciais em Educação e está instalado na sede administrativa da Secretaria Municipal de Educação de Araçatuba.

 

Da Redacao