S. Paulo – Após meses de negociações entre as cúpulas do PT e do PC do B de S. Paulo, foi fechado o acordo: o empresário, cantor, apresentador e vereador paulistano, Netinho de Paula (foto) será mesmo o candidato do PC do B ao Senado, junto com a ex-prefeita Marta Suplicy, do PT, na chapa que tem o senador Aloisio Mercadante como candidato do Partido ao Palácio dos Bandeirantes.
O acordo entre os dois partidos só se deu, depois que a cúpula petista desistiu de esperar a desistência do presidente da Fiesp, Paulo Skaf, que é o candidato do PSB ao governo de S. Paulo. SKaf chegou a ter seu nome cogitado para ser o vice de Mercadante e, neste caso, a negociação incluiria o vereador tucano e ex-secretário da Educação, Gabriel Chalita, como candidato ao Senado.
Com isso, Netinho de Paula ficaria sem espaço na chapa, o que fez com que a cúpula do PC do B paulista e nacional reagisse, impondo o nome do apresentador como condição para o apoio a Mercadante. No plano nacional, o Partido já havia fechado acordo e apoiará o nome da ex-ministra da Casa Civil e candidata de Lula, Dilma Rousseff.
Pesquisas
Um dos aspectos que pesou no fechamento do acordo foi o fato de que pesquisas constataram que Netinho não tira votos da ex-prefeita Marta Suplicy.
Na última pesquisa DataFolha, divulgada no dia 1º de abril passado, o apresentador apareceu com 19% das intenções de voto, com Marta em primeiro lugar com 43%. Os outros nomes que apareceram na pesquisa foram o Senador Romeu Tuma, com 25% das intenções de voto, Orestes Quércia (PMDB), com 22%, a vereadora Soninha, do PPS, com 18%. Mais atrás ficaram Gabriel Chalita com 8%, seguido de Aloysio Nunes (PSDB) com 6% e Ricardo Young (PV) com 3%.

Da Redacao