Vitória/ES – O jornalista e funcionário público de S. Paulo, Nuno Coelho, foi reeleito, por aclamação, Coordenador Geral dos Agentes de Pastoral Negros (APNs), entidade com raízes na Igreja Católica, na 15ª Assembléia Geral e Eletiva para a gestão 2012/2015.
A eleição aconteceu na última segunda-feira (30/04), em Vitória, Espírito Santo e a Assembléia teve a participação de cerca de 80 ativistas, entre convidados e delegados dos Estados de Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e S. Paulo.
Na Carta Mensal de Maio – instrumento que utiliza para se comunicar com os integrantes da entidade – Coelho disse se sentir “honrado e estimulado a enfrentar novamente um dos maiores desafios pessoais com os quais já me deparei!”.
“Esta reeleição traz consigo uma imensa responsabilidade, à qual responderei com toda minha lealdade, competência e compromisso, em consonância com a consolidação das metas de nosso projeto político assumidos em Goiânia em 2010”, afirmou.
Análise
O coordenador dos APNs disse que o movimento negro atingiu o objetivo de estruturar políticas de igualdade racial com a instituição da SEPPIR por parte do Governo brasileiro, porém, essa vitória precisa ser complementada com políticas públicas que tenham capacidade de contribuir para a promoção social da população negra.
Ao avaliar os Governos Lula e Dilma, Coelho afirmou que o período Lula (2003/2010) foi voltado, principalmente para construir os instrumentais necessários para a consecução da política de igualdade racial, enquanto que no Governo Dilma “a atual gestão da SEPPIR avançou em aspectos fundamentais para o sucesso da política de igualdade racial, acertou ao priorizar no primeiro ano, investir grandes esforços para inserir a política de igualdade racial com força no PPA”.
“Trata-se de uma conquista que tende a se consolidar, temos que observar atentamente o processo, pois o Estado brasileiro tem dificuldades de avançar para além do universalismo”, acrescentou.
Confira quem são os novos integrantes da Coordenação Geral dos Agentes Pastorais Negros (APNs).
Coordenação Geral
Coordenador Geral – Nuno Coelho (SP)
Secretário Geral – Márcia Maria Rangel Monteiro (ES)
Tesoureiro – Maria Aparecida Vicente dos Santos (RJ)
Comissão Permanente
Comissão Nacional de Formação = Helcias Pereira (AL)
Comissão Nacional de Juventude = Eduardo Normande (RS)
Comissão Nacional da Relação de Gênero = Rose Torquato (RJ)
Comissão Nacional de Comunicação e Mobilização = Helciane Angélica (AL)
Comissão Nacional de Fé, Política e Diálogo Interreligioso = Darci Penha (RJ)
Comissão Nacional de Educação, Cultura e Meio Ambiente = João Pio (MG)
Comissão Nacional de Comunidades Tradicionais = Mirian Lucia Paiva(MG)
Comissão Nacional de Relações Institucionais e Internacionais = Herberson Sousa Silva (BA)
Conselho Fiscal
Jacinta Maria (MA), Janaína (MG), Irmã Telma (SP).

Da Redacao