Brasília – O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante (foto), abriu na tarde desta terça-feira (13/abril), a Audiência Pública na sede da OAB nacional para debater o programa de cotas raciais adotado por 90 instituições de ensino superior em todo o país.
Ophir lembrou, ao abrir a Audiência, que o objetivo da Audiência é ouvir todos os envolvidos – prós e contra – para embasar o posicionamento do Conselho Federal da OAB quanto à questão das cotas.
A partir das discussões iniciadas, o relator do processo – o conselheiro federal da OAB pela Bahia, Luiz Viana Queiroz – vai elaborar o seu voto que servirá de base às discussões sobre o tema no Pleno da OAB, previsto para acontecer entre os dias 17 e 18 de maio.
Na abertura da Audiência estiveram presentes o ministro chefe da Seppir, Elói Ferreira de Araújo, o ex-ministro e deputado federal Edson Santos (PT-RJ), a secretária-geral adjunta da OAB Nacional, Márcia Machado Melaré, o diretor-tesoureiro da OAB, Miguel Cançado, além de representantes do Ministério da Justiça, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, do Ministério da Educação, do Supremo Tribunal Federal e advogados.

Da Redacao