Washington/EUA – Pesquisa do Instituto Gallup feita logo após a saída da senadora Hillary Clinton da disputa, indica que o senador negro Barack Obama tem 48% dos votos contra 42% do provável candidato republicano e também senador John McCain.
Obama manteve sua vantagem consolidada de cinco a seis pontos percentuais sobre McCain nas últimas pesquisas diárias do instituto desde a saída da sua ex-primeira dama, neste sábado (07/06).
A saída oficial da senadora – e seu apoio declarado a Obama – pôs um fim à prolongada corrida democrata pela nomeação e delimitou o cenário das eleições gerais. Agora, a campanha presidencial será entre McCain, pelos republicanos, e Obama, pelos democratas.
Com Obama consolidado como candidato democrata – embora a oficialização de sua candidatura aconteça apenas em agosto, na Convenção Nacional -, os eleitores se unem sob o nome do senador.
Raça
Outra pesquisa do mesmo instituto avaliou o impacto da questão racial – tema recorrente nas primárias democratas – na corrida presidencial entre Obama e McCain. Uma grande maioria dos eleitores negros, 78%, e uma maioria ainda maior dos eleitores brancos, 88%, afirmaram que o fato de Obama ser negro não influencia seu voto. O mesmo cenário aparece entre os eleitores hispânicos; 60% deles afiram que não votam por questões raciais.
O resultado parece surpreendente quando se pensa que Obama, que pode ser o primeiro presidente negro dos EUA, reconhecidamente atraiu mais eleitores negros às urnas. A última pesquisa Gallup indicou que, no cenário das eleições gerais, ele tem 93% das intenções de votos entre este eleitorado. Jason Reed/Reuters

Da Redacao