Washington/EUA – Na reta final da campanha para se tornar o primeiro negro à Presidência dos EUA, o senador Barack Obama, recebeu o apoio de grandes jornais e de pesos pesados da política americana, entre os quais o The New York Times e do ex-porta voz do Governo Bush, Scott McClellan.
No seu editorial intitulado “Barack Obama para Presidente”, o jornal, que havia apoiado a senadora Hillary Clinton, nas primárias defendeu a eleição de Obama “após oito anos do governo falido de George W. Bush”. “Obama atraiu legiões de novos eleitores com poderosas mensagens de esperança, e também com pedidos de sacrifício partilhado e de responsabilidade social”, afirma o jornal. “Acreditamos que ele tem a vontade e a capacidade de forjar um amplo consenso político que é essencial para encontrar soluções para os problemas deste país.”
Democratas
Declaradamente democrata –nas eleições de 2000 e 2004, o jornal apoiou as candidaturas de Al Gore e John Kerry– o “NYT” defendeu a bandeira da “mudança” pregada por Obama e criticou o candidato republicano John McCain .
Além do Times, o Los Angeles Times, o Chicago Tribune e o Washington Post também apóiam o senador negro.
McClellan e Powell
Entre as figuras de peso, Obama também recebeu o apoio de dois importantes nomes que participaram do Governo Bush: o ex-porta voz da Casa Branca, Scott McClellan e o ex-Secretário de Estado, Collin Powell.
“Acredito que ele é uma figura que traz transformação, ele representa uma nova geração chegando ao palco do mundo, ao palco americano, e por isso vou votar no senador Barack Obama”, afirmou Powell.

Da Redacao