Salvador – O bloco afro Olodum deu início ao seu desfile pelas ruas do Centro Histórico às 2h da madrugada deste sábado, apesar de manifestação feita por um grupo de foliões do bloco na frente da Escola Criativa Olodum, insatisfeitos com o tempo de espera (o desfile estava previsto para as 21h).
Alguns foliões além de reclamarem do horário, ironizaram um dos mais famosos blocos afro da Bahia ao cantar “o Olodum não é mais aquele”. Apesar da revolta dos associados, o percurso começou sem qualquer tipo de violência e com muita animação do público.
Este ano o Olodum está homenageando Angola com o tema “Angola: pátria mãe de milhões de brasileiros”. Como acontece todos os anos, o Olodum arrastou uma multidão ao atravessar a Praça Castro Alves em direção a Avenida Carlos Gomes.

Da Redacao